Pesquisar

A- A A+

Login

Autenticar

Login

Utilizador *
Senha *
Memorizar

PSt08 - Ilhéu de Cima - Pedra do Sol

Pedra do Sol  ©Raquel Ferreira

Código do geossítio: PSt08 

Denominação: Ilhéu de Cima - Pedra do Sol

Categoria temática: Vulcanologia e Paleontologia

Localização geográfica no ortofotomapa - PSt05

Concelho: Porto Santo

Freguesia: Porto Santo

Área do local: 0.1-10 ha

Coordenadas(1):33°03'17.31'' N 16°17'13.99'' W

Altitude: 0 m

Acessibilidade: difícil

Distância à estrada asfaltada mais próxima: 2,1 nmi

Condições de observação: boas

(1) Coordenadas do geossítio e/ou melhor ponto de visualização

 

Descrição sumária 

O ilhéu de Cima apresenta litologias representadas, essencialmente, por escoadas submarinas de natureza basáltica, níveis de calcários marinhos, fossilíferos, contemporâneos da fase de pré-emersão da ilha, durante o Miocénico Médio, assim como escoadas subaéreas de basalto. O topo do ilhéu encontra-se recoberto por depósitos eolianíticos do Quaternário (vide descrição deste tipo de rocha em Geossítio PSt02 – Morenos e PSt09 – Fonte da Areia).
Nas escoadas submarinas das vertentes viradas a SW deste ilhéu ocorre uma mega pillow lava, cujo corte pôs em evidência uma estrutura em disjunção prismática radial, consequência do modo como se processou o seu arrefecimento. Ao consolidar, retrai, originando fraturas com alinhamentos prismáticos radiais reflexo do arrefecimento da lava em meio subaquático.
Ocorrem, ainda, recifes fósseis de colónias de corais e concentrações de algas calcárias (rodólitos) e equinóides (Clypeaster) fossilizados, entre outros grupos, na zona envolvente.
À semelhança dos outros ilhéus, esteve outrora ligado à ilha principal, e, por ação de fenómenos erosivos, a sua individualização ocorreu depois da última glaciação e deposição da Formação Eolianítica, durante o Holocénico, há menos de 10-12 mil anos.

 

Notas relevantes

A visitação aos ilhéus necessita de uma autorização prévia ao Instituto de Florestas e Conservação da Natureza.  
A visita ao local de interesse geológico é da inteira responsabilidade do utilizador.
O utilizador deve tomar as devidas precauções quando visita o local, tendo em atenção as condições  do terreno,  condições climatéricas e outros perigos, para que não se criem situações que coloquem a sua integridade e a de outros em risco.
O utilizador deve respeitar a propriedade privada. O acesso a zonas privadas requer autorização prévia dos proprietários.
O utilizador deve respeitar o património natural mantendo-o intacto.  O impacto das suas ações deve ser mínimo.

 

Estatuto de proteção

Rede Natura 2000, Rede de Áreas Marinhas Protegidas do Porto Santo, Sítio de Importância Comunitária PTPOR0001 – Ilhéus do Porto Santo, Património Científico (geológico) e Zonas Naturais de Uso Interdito, de acordo com o Plano Diretor Municipal.

Extrato da carta geológica simplificada da ilha do Porto Santo

 Extrato da carta geológica simplificada da ilha do Porto Santo - PSt05

 Legenda da carta geológica simplificada da ilha do Porto Santo

Bibliografia

FERREIRA, M. R. (2014). Património Geológico da Ilha do Porto Santo e Ilhéus Adjacentes (Madeira): Inventariação, Avaliação e Valorização como Contributo para a Geoconservação. Dissertação de Mestrado em Vulcanologia e Riscos Geológicos. Departamento de Geociências da Universidade dos Açores.

RIBEIRO, M. L. Carta Geológica Simplificada das Ilhas da Madeira e do Porto Santo, na escala 1:80.000 in RIBEIRO, M. L. & RAMALHO, M. (2009). Uma visita geológica ao Arquipélago da Madeira, Principais locais Geo-turísticos. Edição da Direção Regional do Comércio, Indústria e Energia e do Laboratório Nacional de Energia e Geologia, I. P, pp. 55, 82. ISBN: 978-989-96202-0-9.

SANTOS, A., MAYORAL, E., DA SILVA, C. M., CACHÃO, M., JOHNSON, M. E., BAARLI, B.G. (2011). Miocene intertidal zonation on a volcanically active shoreline: Porto Santo in the Madeira Archipelago, Portugal. Lethaia 44, pp. 26-32.

SANTOS, A., MAYORAL, E., BAARLI, B. G., DA SILVA, C. M., CACHÃO, M., JOHNSON, M. E. (2012a). Symbiotic association of a pyrgomatid barnacle with a coral from a volcanic middle Miocene shoreline (Porto Santo, Madeira Archipelago, Portugal). Palaeontology Vol. 55, Part 1, pp. 173-182.

SANTOS, A., MAYORAL, E., JOHNSON, M. E., BAARLI, B. G., CACHÃO, M., DA SILVA, C. M., LEDESMA-VÁSQUEZ, J. (2012b). Extreme habitat adaptation by boring bivalves on volcanically active paleoshores from North Atlantic Macaronesia. Facies 58, pp. 325-338.

SANTOS, A., MAYORAL, E., JOHNSON, M. E., BAARLI, B. G., DA SILVA, C. M., CACHÃO, M, LEDESMA-VÁZQUEZ, J. (2012). Basalt mounds and adjacent depressions attract contrasting biofacies on a volcanically active Middle Miocene coastline (Porto Santo, Madeira Archipelago, Portugal). Facies 58, pp. 573-585.

Galeria de fotos

Ilhéu de Cima - Pedra do Sol  ©Raquel Ferreira Ilhéu de Cima - Pedra do Sol - recifes fósseis de colónias de corais  ©Raquel Ferreira Ilhéu de Cima - Pedra do Sol - pormenor de fóssol  ©Raquel Ferreira

Google Analytics