Pesquisar

A- A A+

Login

Autenticar

Login

Utilizador *
Senha *
Memorizar

PSt03 - Morenos

Morenos  ©Rui S. Marcos

Código do geossítio: PSt03

Denominação: Morenos

Categoria temática: Vulcanologia

Localização geográfica no ortofotomapa - PSt02

Concelho: Porto Santo

Freguesia: Porto Santo

Área do local: 0.1 -10 ha

Coordenadas(1):33°02'27.00'' N 16°23'17.80'' W

Altitude: 104 m

Acessibilidade: fácil

Distância à estrada asfaltada mais próxima: 6 m

Condições de observação: boas

(1) Coordenadas do geossítio e/ou melhor ponto de visualização

 

Descrição sumária 

A arriba costeira da zona dos Morenos apresenta uma rede de condutas vulcânicas fissurais de natureza variável, de máfica (basáltica) a félsica (traquitica). Estes filões evidenciam várias fases de ascensão magmática relacionadas com distintas etapas de atividade vulcânica na ilha. Alguns filões apresentam disjunção prismática. Ocorrem, ainda, escoadas e hialoclastitos gerados em ambiente submarino, e lavas subaéreas de natureza basáltica, do Miocénico Médio. Este conjunto de materiais encontra-se coberto por depósitos eolianíticos amarelo-alaranjados, muito mais recentes (Quaternário) nos quais se desenvolveram horizontes de paleosolos silto-argilosos acastanhados. 
Os eolianitos (Formação Eolianítica) são um tipo específico de arenito constituído maioritariamente por partículas de algas calcárias e conchas de organismos marinhos, transportadas e deposicionadas pelo vento. A estrutura interna dos depósitos (estratificação entrecruzada) dá-nos a indicação de que os ventos dominantes aquando da deposição teriam soprado do quadrante W.
A presença de rizoconcreções nestes eolianitos revela a existência de um antigo coberto vegetal que se terá desenvolvido sobre estas areias há cerca de 30 mil anos. As rizoconcreções são estruturas resultantes da calcificação à volta de raízes por precipitação de carbonato de cálcio à medida que as plantas extraíam água do solo. Ocorrem ainda, fósseis de gastrópodes terrestres, muitos deles de espécies endémicas já extintas.

 

Notas relevantes

A visita ao local de interesse geológico é da inteira responsabilidade do utilizador.
O utilizador deve tomar as devidas precauções quando visita o local, tendo em atenção as condições  do terreno,  condições climatéricas e outros perigos, para que não se criem situações que coloquem a sua integridade e a de outros em risco.
O utilizador deve respeitar a propriedade privada. O acesso a zonas privadas requer autorização prévia dos proprietários.
O utilizador deve respeitar o património natural mantendo-o intacto.  O impacto das suas ações deve ser mínimo.

 

Estatuto de proteção

Zonas Florestais e Zonas Naturais de Uso Fortemente Condicionado, de acordo com o Plano Diretor Municipal.

Extrato da carta geológica simplificada da ilha do Porto Santo

Extrato da carta geológica simplificada da ilha do Porto Santo - PSt02

 Legenda da carta geológica simplificada da ilha do Porto Santo

Bibliografia

FERREIRA, M. R. (2014). Património Geológico da Ilha do Porto Santo e Ilhéus Adjacentes (Madeira): Inventariação, Avaliação e Valorização como Contributo para a Geoconservação. Dissertação de Mestrado em Vulcanologia e Riscos Geológicos. Departamento de Geociências da Universidade dos Açores.

RIBEIRO, M. L. Carta Geológica Simplificada das Ilhas da Madeira e do Porto Santo, na escala 1:80.000 in RIBEIRO, M. L. & RAMALHO, M. (2009). Uma visita geológica ao Arquipélago da Madeira, Principais locais Geo-turísticos. Edição da Direção Regional do Comércio, Indústria e Energia e do Laboratório Nacional de Energia e Geologia, I. P, pp. 55, 82. ISBN: 978-989-96202-0-9.

SOARES, A., CALLAPEZ, P. & MARQUES, J. (2006). Aprender em Viagem – Geologia de Porto Santo: notas para uma viagem de estudo. Revista da Associação Portuguesa de Professores de Biologia e Geologia, nº 27, pp. 7-45.

SILVA, J. (2003). Areia de Praia da Ilha do Porto Santo: geologia, génese, dinâmica e propriedades justificativas do seu interesse medicinal. Madeira Rochas – Divulgações Científicas e Culturais, 344 pp.

Galeria de fotos

Morenos - rede de condutas vulcânicas fissurais  ©Raquel Ferreira Morenos - rede de condutas vulcânicas fissurais  ©Rui São Marcos

Google Analytics